1. Não comprarás mailing

Este é o caminho mais rápido para o fracasso. Não caia em tentação. Quem recebe email de uma empresa que não conhece dificilmente vai abrir, e o seu servidor pode acabar em uma Black List.

 

2. Construirás sua própria base

Uma lista de contatos legítima é um ativo de marketing da empresa. Use conteúdo e crie iscas para captar contatos de pessoas interessadas.

 

3. Segmentarás o envio

As pessoas estão em estágios diferentes de sua Jornada de Compra. Um email irrelevante pode acabar com o relacionamento que sua empresa estava tendo com o lead.

o guia prático do email marketing

 

4. Higienizarás o mailing antigo

Enviar uma lista de contatos antiga – legítima – pode gerar uma alta taxa de Hard Bounces e prejudicar seu servidor. Existem serviços especializados em checar se um email é válido.

 

5. Não venderás no primeiro contato

Comece o relacionamento com a base oferecendo algo, como um conteúdo de valor. Não adianta tentar emplacar vendas logo de cara. A base precisa ter confiança em você.

 

6. Usarás listas dinâmicas

Listas dinâmicas mudam sozinhas de acordo com critérios pré-estabelecidos pela empresa. Dessa forma, novos leads entram e saem de acordo com seu comportamento.

 

7. Respeitarás os descadastros

Tem gente que não gosta de se comunicar por email ou não está interessada no seu conteúdo. Se houve descadastro é pecado mortal inserir o contato novamente no mailing.

 

8. Lembra-te de diversificar as campanhas

Há diferentes tipos de emails para cada objetivo. Newsletter, email  promocional, email transacional, campanhas, promoções. É importante escolher o adequado para cada tipo de contato.

 

9. Honra teus contatos

Faça a segmentação e pegue leve na quantidade de envios. Elegância é fundamental para não estressar a base e terminar com uma quantidade grande de descadastros.

 

10. Usarás um template HTML

Poucos destinatários autorizam o download automático de imagens. Isso significa que seu email não será visualizado. Utilizando um template HTML não é preciso autorizar imagens para ver o conteúdo.

 

Quer conhecer os mandamentos em detalhes? Com passo a passo para cada ação e exemplos? Acesse o Guia Prático do Email Marketing.